Coronavírus: um resumo da situação em Paris

Coronavírus: todas as informações sobre a situação em Paris.

No contexto da situação sanitária atual, certas medidas foram tomadas na França. Elas se aplicam tanto aos franceses quanto aos viajantes estrangeiros. Abaixo, todas as respostas às questões relativas à pandemia de Covid-19 em Paris.

Vue aérienne Paris Tour Eiffel coucher de soleil

Uso de máscara

  • O uso de máscara é obrigatório em todo o território para todas as pessoas de 11 anos ou mais em lugares fechados e nos transportes públicos, sob pena de multa.
  • O uso de máscara ao ar livre não é mais obrigatório, salvo exceções (aglomerações, filas de espera, feiras livres, feiras de antiguidades, estádios, plataformas do metrô e pontos de ônibus…).
  • A máscara é obrigatória para os maiores de 6 anos em todos os transportes públicos, sob pena de multa de 135 euros.
  • Nas escolas, o uso de máscara é obrigatório a partir de 6 anos, inclusive nos espaços ao ar livre dos estabelecimentos de ensino.

Passe sanitário

Um Passe Sanitário está atualmente em vigor em Paris.

O que é o passe sanitário?

O passe sanitário é um comprovante de segurança sanitária no contexto da pandemia de Covid-19, em versão impressa ou digital. Trata-se:

  • de um atestado de vacinação * completa contra o vírus covid-19,
  • de um resultado negativo de um teste PCR ou antigênico de menos de 72h,
  • de um resultado de teste de Covid de mais de 11 dias e menos de 6 meses

O passe sanitário deve ser apresentado por todos os maiores de 18 anos na entrada dos centros de lazer e cultura, restaurantes, lojas de departamento e certos shopping centers.
Essa obrigação valerá para as crianças de 12 a 17 anos a partir de 30 de setembro de 2021.

* importante: as vacinas reconhecidas pela França são aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento (EMA, a sigla em inglês): Pfizer, Moderna, AstraZeneca/Vaxzevria/Covishield e Johnson & Johnson.

Locais onde a apresentação do passe sanitário é obrigatória:

  • os centros de lazer e cultura com capacidade de mais de 50 pessoas: teatros, cinemas, museus e monumentos, parques de diversão, festivais, casas de show, piscinas cobertas, centros de culto (somente em caso de evento não-religioso como shows em uma igreja)...
  • os cafés (incluindo as mesas ao ar livre), restaurantes (incluindo as mesas ao ar livre),
  • as lojas de departamentos e shoppings de mais de 20.000 m² (Galeries Lafayette Paris Haussmann, Printemps Haussmann, BHV Marais, Bon Marché Rive Gauche, Samaritaine Paris Pont-Neuf, Beaugrenelle Paris, Italie Deux e Vill'Up)...
  • nos meios de transporte de longa distância (avião, trem e ônibus).

Mais informações relativas à obtenção do passe sanitário

Onde fazer um teste e/ou obter um passe sanitário?

O certificado digital europeu Covid (disponível nos países membros da União Europeia, Suíça, Noruega, Reino Unido, Liechtenstein, Andorra, Mônaco e Islândia) é válido na França.
Os visitantes vacinados no exterior que não possuam um passe sanitário de formato código QR europeu ou que não estejam vacinados ou não possam apresentar um passe sanitário europeu nos locais onde o mesmo é obrigatório (veja acima) podem fazer em Paris e em toda a França um teste antigênico (resultado disponível em um prazo entre 15 e 30 minutos) ou um teste RT-PCR (resultado disponível em um prazo de 24h, em geral).

É possível realizar um teste antigênico em diversas farmácias. Todos os centros de teste estão listados no mapa de teste de Covid disponibilizado pelo Ministério da Solidariedade e da Saúde.

A partir de 11 de agosto de 2021, os turistas oriundos de países fora da União Europeia vacinados em seus países de origem podem requerer um código QR de equivalência em termos de vacina válido no território francês.

Todas as informações estão disponíveis no site do Ministério da Europa e das Relações Exteriores. É preciso preencher um formulário e certas condições, fornecer certos documentos e certificados e enviar todos esses documentos por e-mail (um e-mail específico para os cidadãos dos Estados Unidos, um e-mail específico para os cidadãos do Canadá e um e-mail específico para os cidadãos dos outros países).

Todas as informações sobre o Passe sanitário

Covid-19: Viajar para a França

A partir de 9 de junho de 2021, é possível viajar novamente para a França, mas as condições de entrada no território (quarentena, documentos a serem apresentados …) dependem da situação sanitária do país de origem e da vacinação dos viajantes.
Uma classificação dos países é realizada e atualizada de maneira regular de acordo com os indicadores sanitários.

  • Países “verdes”: países e territórios nos quais nenhuma circulação ativa do vírus é observada e nenhum variante inquietante foi detectado.
  • Países “laranjas”: países nos quais observa-se uma circulação ativa do vírus em proporções aceitáveis, sem difusão de variantes preocupantes.
  • Países “vermelhos”: países nos quais uma circulação ativa do vírus é observada com presença de variantes preocupantes.

Para obter as informações que se aplicam a seu caso, acesse o site do governo francês

Todas as respostas às suas perguntas sobre as viagens a partir do território francês para o exterior ou do exterior para a França estão na aba FAQ do Ministério da Europa e das Relações Exteriores.

Transportes

Transportes coletivos em Paris e região

Para garantir mais conforto e uma melhor proteção a seus viajantes, a RATP disponibiliza um serviço de cálculo da afluência ao vivo em seu aplicativo.

Mais informações sobre os transportes

Viagens em trem e avião

  • Os deslocamentos entre regiões estão autorizados.
  • Os trens e aviões podem ser cancelados.

Consulte os sites da SNCF e das companhias aéreas para obter maiores informações.
Para garantir uma maior flexibilidade para seus passageiros, as passagens compradas podem ser reembolsadas ou trocadas sem encargos, de acordo com as datas indicadas nos sites das companhias.

Maiores informações sobre as condições de circulação e reembolso dos trens entre regiões

Informações administrativas e turísticas

  • O endereço do Escritório de Turismo de Paris no Hôtel de Ville está aberto de segunda a sábado, das 10h às 18h. Ele está fechado nos feriados.
  • O escritório da estação Gare de Nord está aberto de segunda a sábado, das 9h às 17h.

Em caso de dúvida, aconselhamos entrar em contato com a embaixada de seu país de origem.

Os gestos de proteção: precauções necessárias

Para diminuir os riscos de contaminação, foram definidas regras simples que devem ser respeitadas por todos. O conjunto dessas regras foi chamado de “gestos de proteção”. Elas são as seguintes:

> reduzir o contato social (evitar cumprimentar os outros com beijo ou aperto de mão);
> lavar as mãos com sabão ou higienizá-las com uma solução de álcool em gel com frequência;
> tossir e espirrar em um lenço de papel que deve ser jogado fora logo após o uso (e lavar ou desinfetar as mãos em seguida) ou no cotovelo, caso não possua lenço de papel;
> usar lenços descartáveis e jogá-los no lixo imediatamente;
> evitar aglomerações e diminuir o número de deslocamentos;
> respeitar uma distância de no mínimo 1 metro das outras pessoas em espaços públicos.

Aproveite Paris com toda a segurança graças às regras “Atitude Atenciosa”

A Agência de Turismo e Eventos de Paris, conjuntamente com a prefeitura de Paris, desenvolveu um novo conjunto de regras chamado “Atitude Atenciosa”. Os parceiros desta iniciativa (como hotéis, restaurantes, centros culturais…) se comprometem a receber os viajantes respeitando de maneira rigorosa as medidas sanitárias em vigor.

O conjunto de regras “Atitude Atenciosa” exige que os estabelecimentos parceiros da iniciativa respeitem 7 compromissos:

- implementação e respeito das medidas sanitárias da Agência Nacional de Saúde Pública;
- condições de reserva e cancelamento flexíveis;
- nomeação de um responsável pelo protocolo sanitário nos estabelecimentos;
- treinamento sobre as novas medidas sanitárias para os funcionários das empresas parceiras;
- limitação do contato físico (pagamento com cartão sem contato, suspensão temporária das documentações, gestão diferenciada dos fluxos de entrada e saída…);
- escolha de parceiros do conjunto de regras “Atitude Atenciosa” para garantir a qualidade das prestações de serviços;
- comprometimento com o serviço atencioso e hospitaleiro da cidade de Paris.