O dinheiro na França

Tudo o que você precisa saber sobre o dinheiro na França: casas de câmbio, bancos, duty-free, dicas, etc.

O EURO, A MOEDA CORRENTE EUROPEIA

© Thinkstock

O euro é a moeda corrente usada na França e em outros 18 países que fazem parte da Eurozona: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta e Portugal.
€ 1 está dividido em 100 cêntimos ou centavos.
Notas: € 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500.
Moedas: 1, 2, 5, 10, 20 e 50 cêntimos, e moedas de € 1 e € 2.

BANCOS E BUREAUX DE CHANGE
(CASAS DE CÂMBIO)

Bureau de change - Comptoir de change Opéra - Comptoir

Você vai encontrar uma multidão de bancos franceses ou estrangeiros em Paris. Eles abrem em princípio das 9h00 às 17h00 ou 18h00, de segunda à sexta-feira, por vezes de terça a sábado. Algumas agências podem fechar na hora do almoço, entre as 12h30 e as 14h00.

Embora alguns bancos troquem sua moeda por euros, é mais fácil encontrar casas de câmbio (bureaux de change), que são especialistas neste tipo de operação. Não se esqueça de levar alguma forma de identificação.

As transações cambiais são possíveis nas estações, aeroportos, algumas agências bancárias e nos bureaux de change (abertos até tarde). Antes de realizar a transação, é aconselhável que se informe sobre a taxa cobrada na compra e venda de moeda estrangeira e a comissão da agência. Em Paris, existem inúmeras casas de câmbio (bureaux de change) localizadas próximas das principais atrações turísticas e que geralmente abrem aos domingos.

A maioria dos cartões de crédito são aceitos nas caixas automáticas e permitem que você saque euros 24 horas por dia, 7 dias por semana. Verifique quanto o seu banco pode lhe cobrar por essas operações.

Por favor, note que o Banque de France não realiza câmbio de moedas.

Paris Bureaux de change

ISENÇÃO DE IMPOSTOS

Aéroport de Paris - Charles-de-Gaulle, boutique Buy Paris Duty Free © LAFONTAN, Mikaël et SEIGNETTE, Olivier pour Aéroports de Paris

Os viajantes com residência habitual em um Estado não membro da União Europeia (UE) ou de um país terceiro têm a oportunidade de se beneficiar da dedução do IVA sobre os bens adquiridos na França. Para se qualificar, você deve ter mais de 16 anos de idade e ter estado na França por menos de 6 meses.

As compras turísticas têm que ser feitas em um comerciante que ofereça o reembolso do imposto, no mesmo dia, na mesma loja e com um valor que não ultrapasse os € 175, incluindo o imposto. Se estas condições estiverem reunidas, o comerciante lhe informa os passos a seguir para obter o reembolso do IVA e lhe fornece o comprovante de venda para exportação. Você tem que mostrar seu passaporte na referida loja para provar que é um não residente.

Antes de sair da UE a partir da França, recomendamos que você reserve um tempo suficiente para estes procedimentos de reembolso de impostos, para evitar o stress no seu dia de partida. Com seu recibo de venda para exportação, você deverá realizar estes procedimentos na alfândega antes de fazer o check-in e antes do final do terceiro mês de ter efetuado a compra.

Se não estiver saindo da União Europeia a partir da França ou se estiver viajando por trem internacional, você ainda pode receber também um reembolso do IVA. Consulte as informações a respeito na página própria do Ministério das Finanças e Contas Públicas.

GORJETAS NOS RESTAURANTES

© Thinkstock

Na França, os preços incluem os impostos e os serviços; portanto, o atendimento já está incluído (15% do preço total). Mas se o atendimento foi particularmente bom, você pode querer deixar uma gorjeta para expressar sua satisfação. O montante, deixado ao seu critério, é geralmente de 5 a 10% do valor da conta.