O que fazer em Paris em maio e junho de 2019

Em maio e junho, todos os amantes de música se encontram na capital para aproveitar eventos 100% musicais.

E mais, a programação da cidade já tem um gostinho de verão. Com os primeiros raios de sol, a temperatura mais clemente convida para eventos ao ar livre. Dentre os mais célebres, estão o torneio de tênis de Roland-Garros, a Festa da Música. Há eventos para todos os gostos!

MÚSICA DE TODOS OS TIPOS

Ao ar livre, jazz, shows gratuitos...

We love Green 2017 © Maxime Chermat

Em maio e junho, os festivais de referência entram em cena. Muitos acontecem ao ar livre, aproveite! De 6 a 9 de junho, Villette Sonique, o festival que descobre novos talentos, festeja sua 14a edição no parque La Villette. Em seguida, é a vez do bucólico e engajado We Love Green, no bois de Vincennes (1 e 2 junho).

Quem curte jazz não pode perder dois eventos especiais: na rive gauche, à margem esquerda do rio, o Festival Jazz à Saint-Germain-des-Prés (de 16 a 27 de maio). Em junho, a volta do Paris Jazz Festival, no Parque floral (de 30 de junho a 22 de julho).

Solidays, outro festival mítico, se instala no hipódromo de Longchamp (de 21 a 23 de junho), no final do mês. No menu, uma programação eclética, que vai do rock ao pop, passando pela música eletrônica.

Em junho outros festivais também desabrocham na capital e região Île-de-France: Onze Bouge, LaPlage de Glazart, Mini Opéra Côté Cour, no Bercy Village, Et 20 l'été, La Défense Jazz festival...

Um evento imperdível: Fête de la musique

Fête de la musique - Misteur Valaire © Clément RG

O grande evento é a Fête de la musique, dia 21 de junho, que celebra em fanfarra a volta do verão. Além de grandes concertos gratuitos organizados em lugares míticos da capital, quem quiser pode tocar seu instrumento preferido no espaço público. Neste dia, que é o mais longo do ano, as ruas de Paris entram no ritmo e os passantes viram melômanos !

Ópera

Graças à operação Tous à l’opéra (de 3 a 5 de maio), o universo lírico lhe estende os braços. Todas as apresentações são gratuitas naquele final de semana, nos inúmeros locais que participam da operação.

De junho a setembro, Opéra en plein air, ópera ao ar livre, leva a obra lírica do repertório clássico para lugares excepcionais do patrimônio francês.

EXPOSIÇÕES

Homage to Monet 1

Quem abre a temporada é o Museu do Louvre, com uma exposição voltada para a arqueologia: Reinos esquecidos. Os herdeiros do Império Hittite, apresentada de 2 de maio a 12 de agosto. De 8 de maio a 16 de setembro, o Centre Pompidou apresenta a exposição A Pré-história. Não é muito comum que um museu de arte contemporânea homenageie um período tão antigo. Mas é bom lembrar que a arte parietal inspirou grandes mestres da era moderna, como Picasso, Miró, Klein, Giacometti e Dubuffet.

No Museu de l’Orangerie, o pintor americano Alex Katz revisita as Ninfas de Monet em uma série de quadros apresentados ao público de 14 de maio a 2 de setembro. Seus nenúfares quase abstratos constituem uma homenagem moderna e repleta de emoção ao mestre do impressionismo.

De 18 de junho a 22 de setembro, a arte revela seu lado feminino no Museu d’Orsay, com uma retrospectiva sem precedentes de Berthe Morisot (1841-1895). Menos conhecida que seus amigos impressionistas Degas, Renoir e Monet, Berthe Morisot deixou como legado uma obra intimista que explora temáticas relacionadas com a mulher.

ESPORTES

Internationaux de France de tennis - Roland Garros © FFT / Christophe Saïdi

De 26 de maio a 9 de junho, o saibro de Roland Garros recebe os maiores tenistas do mundo, na Porte d’Auteuil.

Ainda em cartaz: os lendários vinte e três obstáculos do Grand Steeple-Chase de Paris, dias 18 e 19 de maio, no Hipódromo de Auteuil, e o Qipco Prix du Jockey Club (2 de junho), além do elegantíssimo Prix de Diane Longines (16 de junho), no Hipódromo de Chantilly.

E TAMBÉM...

Festas, feiras e festivais

Os museus se abrem aos notívagos com a Nuit européenne des musées, dia 18 de maio. Descubra a capital por um outro ângulo, através de animações noturnas excepcionais organizadas em mais de cem museus da região Île-de-France.

La Marche des fiertés 2017, Paris © Studio TTG

No dia 29 de junho de 2019, a Parada do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e pessoas intersex) parte à conquista das ruas da capital francesa. Esse grande desfile, que defende a igualdade de direitos sem distinção de gênero nem sexualidade, é realizado em um ambiente de festa e confraternização, com muita música, fantasias excêntricas e cerca de 50 carros alegóricos de diversas associações.

Os amantes da gastronomia não podem perder o salão gastronômico Taste of Paris, que ocorre sob a nave do Grand Palais de 9 a 12 de maio. No cardápio: degustações, encontros com grandes chefes, animações culinárias e muito mais.
Quem gosta de doce não pode perder o Salão da Pâtisserie, de 14 a 17 de junho no Paris Expo Porte de Versailles. Miam miam!

O começo de junho também marca o retorno do Pestacles, do Parque floral de Paris, no bois de Vincennes. No programa, uma grande escolha para o público infantil: concertos, espetáculos, circo e muito mais.
E para um passeio em família, não perca a Fête foraine des Tuileries no fim de junho, que reúne cerca de 60 atrações em pleno coração de Paris.

O Parque Disneyland Paris abre o tapete vermelho para os super-heróis: de 23 de março a 16 de junho, a Temporada de Super-heróis Marvel oferecerá uma variedade de espetáculos e atividades que encantarão toda a família.

Compras

Quer fazer bons negócios? A liquidação de verão começa dia 26 de junho. Durante várias semanas, os descontos podem chegar a 70%. Não pode sobrar nada!