Dia dos Namorados em Paris

Cidade romântica por excelência, Paris é o destino perfeito para celebrar o Dia de São Valentim, o dia dos namorados europeu.

Nota Bene - Covid

Capital do romantismo e do amor, Paris é o destino ideal para passar de forma inesquecível o Dia de São Valentim, em 14 de fevereiro, equivalente do Dia dos Namorados na Europa e nos Estados Unidos. A cidade tem um charme irresistível e oferece uma grande variedade de atividades para fazer a dois. A Cidade Luz promete momentos mágicos para os casais apaixonados. Para comemorar ou oferecer um Dia dos Namorados extraordinário, algumas dicas.

Os mais românticos recantos de Paris

Montmartre maisons © Bertrand Marc 192-40

Ruazinhas de paralelepípedos, grandes avenidas imponentes e românticas, bairros pitorescos são algumas das múltiplas paisagens parisienses, para quem quer flanar de mãos dadas.

A famosa e imperdível Montmartre é, sem sombra de dúvida, um dos programas mais charmosos da capital francesa. Com suas ruelas e escadarias, os caricaturistas da Place du Tertre, a basílica do Sacré Cœur, o Mur des je t’aime (um paredão repleto de declarações de amor em todas as línguas), a vista arrebatadora de Paris, sem falar no cabaré Moulin Rouge, o clima é de boemia, capaz de seduzir corações enamorados do mundo inteiro.

Outro lugar indispensável é o Marais, um dos mais emblemáticos bairros do romantismo parisiense. Ao caminhar pelas ruas estreitas e intimistas desse verdadeiro vilarejo dentro da cidade, a viagem também se faz no tempo : em um piscar de olhos, estamos no século 17, quando foram construídas a impressionante Place des Vosges e a casa de Victor Hugo, os casarões históricos e as margens do rio Sena. O bairro também reúne os melhores endereços gay friendly de Paris.

Símbolo da Rive Gauche (a margem esquerda do Sena), o bairro de Saint-Germain convida para um mergulho na poesia. Com sua igreja romana Saint-Germain-des-Prés, erigida no século 12, seus míticos cafés e pontos de referência da cultura francesa de todos os tempos, tornou-se um roteiro obrigatório para se viver um romance parisiense.

Galerie Vivienne, intérieur, Paris © Fotolia - TMAX

Outra maneira de apreciar a atmosfera romântica da cidade é perambular por suas galerias cobertas. Tanto as luxuosas galerias Vivienne e Colbert como as passagens Brady, Verdeau e Jouffroy ou ainda a Passage des Panoramas são verdadeiros corredores secretos e encantadores, cheios de charme.

Desde sempre as margens do Sena foram o ponto de encontro ideal dos apaixonados ! A imperdível Pont des Arts, que oferece uma vista da cidade de tirar o fôlego (sobretudo no por do sol), a Île de la Cité e seu parque Vert-Galant, a ponte Alexandre III ou ainda a secreta e encantadora Place Dauphine são spots incomparáveis para uma balada romântica.

Aviso aos amantes de esplendor e de História : para viver sua paixão num cenário suntuoso, nada como visitar os castelos da região Île-de-France, nas imediações de Paris: Vaux-le-Vicomte, Fontainebleau ou o majestoso castelo Versalhes. Romantismo garantido!

E para um passeio bucólico e surpreendente, uma dica é o mais célebre cemitério de Paris, o Père-Lachaise. Lá encontram-se os túmulos das grandes figuras do romantismo à la française: os poetas Guillaume Apollinaire e Paul Éluard, o escritor Honoré de Balzac, o compositor Frédéric Chopin e ainda cantora Édith Piaf. O passeio também revela tesouros fascinantes dos adornos funerários.

Atividades para fazer a dois

Musée de la Vie Romantique, Paris © OTCP - Amélie Dupont

Paris é uma mina de atividades e spots culturais românticos.

No coração de Pigalle, o Museu da Vida Romântica não poderia ser mais explícito. Seus visitantes perambulam por um décor romanesco, incluindo uma pequena sacada, acessível em dias de sol. Perto dali, o Museu de Montmartre também oferece uma charmosa parada cultural. No Museu d’Orsay, os casais podem aliar amor e cultura, percorrendo as coleções neoclássicas, impressionistas e românticas de um dos mais famosos museus da capital. Já o Museu Nacional Delacroix e o Museu Gustave Moreau são muito mais secretos e convidam para uma viagem no universo íntimo de duas figuras emblemáticas da história da França. Quanto ao Museu Picasso, instalado em um dos mais lindos casarões do Marais, expõe a extraordinária coleção do pintor espanhol. Por fim, as obras do renomado escultor Auguste Rodin e de sua companheira Camille Claudel encantam os visitantes nas salas e jardins do Museu Rodin.

O Palácio Garnier é uma proeza da arquitetura que pode ser descoberta durante uma apresentação de ópera, de balé ou simplesmente ao longo de uma visita livre ou guiada. Seu universo requintado, em estilo neobarroco, é um modelo de graciosidade.

Nada melhor do que navegar pelo Sena para descobrir os mais lindos monumentos e os surpreendentes panoramas de Paris ! Os barcos Bateaux-Mouches levam seus passageiros à descoberta dos grandes clássicos do patrimônio arquitetônico da cidade. Já nos Bateaux Parisiens, casais apaixonados podem degustar um cruzeiro com almoço ou jantar, enquanto que as embarcações Vedettes de Paris e Vedettes du Pont Neuf propõem passeios noturnos. No Canal Saint-Martin, os cruzeiros Canauxrama e Paris Canal proporcionam a descoberta de uma outra faceta de Paris, autêntica e atual. E se a navegação não for a sua praia, embarque no Bustronome, um ônibus gastronômico onde se pode jantar em tête-à-tête percorrendo as ruas da cidade.

E que tal circular pela capital com sua alma gêmea a bordo de automóvel vintage? Por exemplo, em um 2CV sem capota, com 4 roues sous 1 parapluie, é possível cruzar as ruas parisienses e descobrir suas riquezas. As histórias pitorescas de monumentos e edifícios ficam por conta do motorista! Para um experiência 100% frenchy, escolha a Paris Authentic e seus carros 2CV bleu, blanc, rouge.

Moulin Rouge - Meneuse de revue

Os grandes cabarés da cidade são também uma excelente opção para desfrutar uma experiência tipicamente parisiense. No célebre Crazy Horse, pode-se apreciar um dos míticos espetáculos da capital, e por que não acompanhado de uma taça de champanhe… Para uma noitada inesquecível, o show antecede um jantar no Fouquet’s ou num dos barcos de cruzeiros gastronômicos no rio Sena. No Paradis Latin, instalado em um edifício concebido por ninguém menos que Gustave Eiffel, o surpreendente cabaré também se saboreia regado à champanhe ou acompanhado de jantar. Já o Moulin Rouge e seus 80 artistas brinda os espectadores com um universo multicolorido e varias opções : show apenas, jantar-espetáculo, cruzeiro no Sena seguido de espetáculo ou ainda um passeio noturno de ônibus para admirar as iluminações da cidade antes do cabaré. Programas repletos de romantismo e momentos inesquecíveis.